Equipe de futsal masculino da E.E. Pedro Lessa de São Miguel do Anta. Medalha de bronze. Crédito: Marcus Cicarini/FEEMG.Terminou nessa quinta-feira (21), a etapa de 12 a 14 anos dos Jogos Escolares da Juventude (JEJ) e Minas Gerais teve destaque na competição, realizada em Curitiba (PR), ao faturar um total de 21 medalhas: três ouros, oito pratas e dez bronzes. O desempenho do estado foi melhor em relação ao ano passado, quando os mineiros tiveram 14 conquistas ao todo.

Nessa edição do JEJ, várias modalidades foram premiadas, o que mostra os resultados dos esforços da Secretaria de Estado de Esportes para com o desporto educacional nas competições nacionais. Os alunos-atletas mineiros trouxeram para Minas Gerais o ouro no judô, ciclismo e atletismo. As medalhas de prata foram conquistadas na natação, ginástica rítmica, xadrez, atletismo, futsal e voleibol feminino. Com o bronze, ficaram as modalidades de judô, natação, ciclismo, luta olímpica, atletismo, ginástica rítmica, basquete, futsal e voleibol masculino. Confira em detalhes no fim da matéria.

O secretário de Estado de Esportes, Arnaldo Gontijo, acompanhou as partidas dos mineiros no JEJ e ressaltou que os esforços do Governo de Minas junto a Secretaria vêm apresentando resultados satisfatórios: “Nosso trabalho tem sido muito exitoso, neste ano batemos um recorde com 97% dos 853 municípios mineiros inscritos, envolvendo mais de 2 mil escolas e mais de 35 mil alunos.  E com esses resultados aumentamos a participação de mineiros nas competições estudantis nacionais com o foco na geração de talentos esportivos para o Brasil”, comenta Gontijo.  

Os estudantes mineiros campeões dos Jogos Escolares de Minas Gerais (JEMG), campeonato que leva ao JEJ, preparam-se para a etapa de 15 a 17 anos dos Jogos Escolares da Juventude. As disputas acontecem entre 16 e 25 de novembro em Brasília (DF). Confira aqui os classificados para a competição.

Atleta se prepara para jogar no Atlético Mineiro

Após se destacar nas competições estaduais de futsal, o jovem morador do município de São Miguel do Anta, Igor Santos (14), foi contemplado com uma sonhada oportunidade: irá jogar nas categorias de base do Clube Atlético Mineiro. O aluno-atleta, que disputou os Jogos Escolares da Juventude (JEJ), em Curitiba, na última semana, recebeu o convite após estrear na competição nacional marcando 4 gols sobre o Colégio Militar 2 de Julho, do Maranhão. “Muita emoção! Primeira vez disputando um campeonato brasileiro e já começar assim”, comenta o jogador.

Para chegar ao JEJ, a Escola Estadual Pedro Lessa disputou e ganhou os Jogos Escolares de Minas Gerais (JEMG). Na competição estadual, Igor foi o artilheiro com 57 gols marcados. Com o ótimo desempenho, o atleta se tornou, pela segunda vez consecutiva, o melhor jogador da categoria em Minas Gerais. Nos Jogos Escolares da Juventude, a escola conquistou a medalha de bronze após a partida contra o Colégio Integral da Bahia, que terminou em vitória de 6 a 3 para o time mineiro. Artilheiro do time e fã de Falcão, Igor fala sobre a importância de estar em uma competição nacional: “Estar representando São Miguel do Anta, a minha Escola Pedro Lessa e Minas Gerais é sempre uma emoção muito grande”, disse.

Sendo observado pelos olheiros do Clube Atlético Mineiro desde o JEMG, o aluno-atleta oficializou sua ida às categorias de base do time no JEJ. Muito elogiado pelos dirigentes, Igor realiza testes no clube já na próxima semana e organiza a mudança para a capital mineira. “Me tornar um jogador profissional é com certeza o meu maior objetivo, para que assim eu possa ajudar minha família e amigos lá de São Miguel do Anta que sempre me apoiaram”, relata.

Sobrinha de ídolo do Clube Atlético Mineiro é artilheira no handebol feminino do JEJ

Reinaldo Lima, maior artilheiro do time alvinegro de Minas Gerais, com mais de 200 gols pelo clube, mostrou que o esporte está na família. Isso porque sua sobrinha, Laura Lima, foi a artilheira do time de handebol do Colégio Nossa Senhora das Dores no JEJ.

Considerada como o cérebro do time que representou Minas Gerais no handebol feminino, Laura diz que sonha em se tornar uma jogadora profissional, apesar das dificuldades da carreira. Além disso, a mineira que é fã da jogadora Dara, esteve torcendo pela Seleção Brasileira de Handebol nas Olimpíadas do Rio, mas contou que ficou triste por ter ido ao jogo em que o Brasil foi desclassificado.

Os Jogos Escolares da Juventude

Organizado pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) desde 2005, o JEJ é realizado em duas fases que englobam modalidades individuais e coletivas e conta com a participação de estudantes de escolas públicas e particulares de todo o país.

Tido como o maior celeiro nacional de atletas olímpicos, a competição revela, a cada ano, novos talentos para o esporte brasileiro. Da delegação composta por 465 esportistas do Time Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016, um total de 52 já participaram dos Jogos Escolares da Juventude, entre eles os mineiros Núbia Soares, do atletismo, e Raul Neto, do basquete.

Confira as medalhas de Minas Gerais.