Equipe de basquete da EPCAR de Barbacena. Foto cedida pela professora Fabrícia FerreiraChega ao fim a etapa Microrregional os Jogos Escolares de Minas Gerais (JEMG), após 6 mil partidas entre quase duas mil escolas e milhares de alunos-atletas que conviveram, entre derrotas e vitórias, nesse gigantesco programa esportivo-social do Governo de Minas Gerais, realizado pela parceria das Secretarias de Estado de Esportes (SEESP) e Educação (SEE). Muitas histórias ocorridas durante as competições nas 49 cidades-sede ficarão marcaram a trajetória dos times.

Experiências como a dos competidores de basquetebol que tiveram a oportunidade de jogar em um tapete vermelho, ou melhor, em um piso utilizado como centro de treinamento de delegações estrangeiras na fase de preparação das Olimpíadas e Paralimpíadas Rio 2016, no município de Barbacena. Uma sensação incrível pisar no mesmo lugar que muitos astros explica o estudante-atleta da EPCAR de Barbacena Tales Montechiari. "Jogar nessa quadra só eleva nossa moral e nos incentiva a querer jogar ainda mais", contou. Essa mesma sensação foi compartilhada por seu colega João Cézar Parreira. "Querendo ou não, a qualidade do desempenho é elevada, agregada ao sentimento de pisar em um piso olímpico", destacou. Microrregional do JEMG passou por quadra de treino da Rio 2016. Crédito: Divulgação EPCAR

Nesse espírito olímpico e de fair play, há de se reconhecer a atitude da professora e técnica da equipe EPCAR, Fabrícia Ferreira. Ao vencer a partida por 142 x 1 contra a Escola Estadual Lima Duarte, do município de Antônio Carlos, a professora deu um show de cidadania no momento em que se reuniu com a equipe do time rival que assimilava a derrota. "Minha intenção era minimizar o efeito da diferença elástica no placar e incentivá-los a continuar a prática do basquetebol. Expliquei que eles estavam diante de uma escola que treina intensamente durante a semana e estava em outro nível técnico. Tenho certeza que eles ficaram bem mais confortáveis", concluiu. (Confira aqui um vídeo com as palavras de incentivo da professora). São essas e outras atitudes que o JEMG visa compartilhar e multiplicar no universo do esporte escolar de Minas Gerais.

Etapas

Em 2018, os Jogos seguem com três etapas divididas em dois módulos: com alunos de 12 a 14 anos e com alunos entre 15 e 17 anos. A fase Microrregional, foi disputada entre 16 de abril a 27 de maio, nas modalidades coletivas – basquete, futsal, handebol e vôlei. Na Regional, executada em seis sedes - como a etapa anterior, além dos esportes coletivos, serão realizadas competições de peteca e vôlei de praia. Essa fase ocorrerá entre 25 e 30 de junho nas sedes Arcos, Montes Claros, Formiga, Monte Carmelo, Teófilo Otoni e Além Paraíba. Já a terceira etapa, a Estadual, terá disputas em Uberaba conta com a execução de todas as modalidades, nos dois naipes.

Os campeões disputarão as etapas nacionais: os Jogos Escolares da Juventude (JEJ) e as Paralimpíadas Escolares, que reúnem estudantes de todo o Brasil.

Recorde de inscritos

JEMG 2018 estabeleceu o novo recorde de municípios inscritos: 835 cidades que se garantiram na competição. A marca ultrapassou o recorde anterior de 830 inscritos em 2017.  Neste ano a competição deverá contar com a participação de 35 mil alunos-atletas de 12 a 17 anos de cerca de 2 mil escolas públicas e privadas de todo o estado. 

Abrangendo 98% dos municípios mineiros, o JEMG se reafirma como a maior competição escolar do país, o que é motivo de comemoração, segundo o secretário Ricardo Sapi. Para ele, a marca considerada é de 100% das cidades abrangidas pelos Jogos. “Acredito que não exista, em nenhum estado do Brasil, uma ação com tanta capilaridade, com tanta adesão quanto o JEMG. Chegamos a 100% dos municípios mineiros porque aquelas que ficaram de fora não têm escolas ou nunca estiveram nos Jogos em edições anteriores”, comentou. “É muito bom saber que os jovens mineiros estão comprometidos com o esporte e com essa grande celebração que é o JEMG”, concluiu.As tabelas com programações e resultados dos Jogos podem ser consultadas no site do JEMG.

 

Matéria adaptada de www.jogosescolares.esportes.mg.gov.br, com informações da equipe de imprensa da Federação de Esportes Estudantis de Minas Gerais (FEEMG).